Câmera

O CINEASTA DURO

Próxima Turma Virtual:

21/06 a 21/07/2022

Valores:

- R$ 350,00 à vista no Pix ou R$ 400,00 em até 5x sem juros no cartão

O Curso:

Fazer cinema é caro. O que é frustrante, porque é justamente o entretenimento de massas mais poderoso já inventado. Trabalhar com cinema é o sonho de muitos jovens - e de outros não tão jovens assim -, a ponto de ser um dos cursos mais concorridos nas universidades que o oferecem. Mas, de todos aqueles alunos que se matriculam todos os anos, quantos de fato produzirão mais do que curtas universitários? E quantos verão seus filmes exibidos numa tela grande, disputando prêmios e sendo ovacionados em festivais?

 

Vários cineastas que hoje dirigem filmes de milhões de dólares começaram produzindo filmes de baixíssimo orçamento. Sam Raimi, Steven Spielberg, George Lucas, Robert Rodriguez, Christopher Nolan, Peter Jackson, Kevin Smith, George Romero, David Lynch, John Carpenter, Darron Aronofsky, Richard Linklater, Jon Favreau, a lista é interminável e mostra o poder que um filme de baixo orçamento pode fazer pela carreira de um diretor. Aqui no Brasil, Afonso Poyart bancou seu primeiro filme. Mariana Ximenes e Leandra Leal montaram a Operação Silk, uma empresa produtora que filmou três longas em três semanas com R$ 100 mil.

 

Um bom filme de baixo orçamento é um ponta-pé importantíssimo na carreira de um cineasta.

O curso “O Cineasta Duro” é uma jornada intensiva de duas semanas e quarenta horas de conteúdo, que vai desde o planejamento orçamentário e as fontes de financiamento para filmes de baixo orçamento até o lançamento dele em festivais e a venda para janelas de exibição, fechando o ciclo de vida do filme e tornando-o um produto rentável. Passa pela escrita do roteiro certo, pela pré-produção inteligente, pela produção enxuta e eficiente, por uma pós-produção que abusa dos recursos que a tecnologia do século XXI nos oferece e termina num planejamento de vendas específico para lançar sua carreira e rentabilizar seu filme. Lista ainda os principais festivais e ensina a criar estratégias para divulgar o filme. Oferece os contatos para viabilizar sua venda. E apresenta os fundamentos para a realização do filme, que cursos de cinema demoram quatro anos para apresentar em profundidade.

 

“O Cineasta Duro” parte da premissa de que nada ensina mais do que a prática. Mas o curso também dá os caminhos para a capacitação extra que o cineasta vai precisar durante os dois anos em que se prepara para gravar seu filme, mesmo para aqueles que não são alunos do curso superior de cinema.

 

Chega de pensar num filme. A gente te ensina a fazer um.

As aulas acontecem às terças e quintas, das 18h30 às 22h30. O acesso ao ambiente virtual é fornecido assim que a inscrição for confirmada e vasto material didático será distribuído.

 

Ementa:

Dia 1 - Vamos falar de dinheiro

- Apresentação do curso

- Planejamento financeiro pessoal do cineasta de baixo orçamento

- O orçamento do filme B.O.

- Fontes de financiamento: bolsas, editais, xepa com os amigos ricos

- Mapeando ativos e parcerias

- Conceitos fundamentais e terminologias

- Rotina de trabalho

- A formação paralela de um cineasta roteirista

- Planejando o roteiro do filme B.O.

- Encontrando a ideia certa

 

Dia 2 - Discutindo dramaturgia

- Longa-metragem x série x novela x teatro

- Épico, lírico ou dramático? E as misturas?

- Melodrama, farsa, comédia, tragédia, híbridos

- Gêneros teatrais e gêneros no cinema

- Gêneros mais adequados ao filme de baixo orçamento

- Tema, premissa e ideia governante - Evolução do conceito

- Conflito

- Logline

- Sinopse

Dia 3 - Estrutura do roteiro

- Intensivo de formatação

- Estrutura narrativa: a Jornada do Herói

- Aristóteles, Robert McKee, Blake Snyder

- Arquitrama, minitrama e não-trama

- Esquecendo fórmulas e aprendendo as formas universais

- Subvertendo as formas e as fórmulas

- Kishotenketsu: uma abordagem oriental

- Abordagem dialética de Craig Mazin

- Plot twists: anagnórise, analepse, narrador não confiável, peripeteia, deus ex machina,

checov’s gun, red herring, in media res, narrativa não-linear

- Set ups e pay offs

Dia 4 - Personagens, diálogos e a escrita do roteiro

- Personagens complexos - uma abordagem à la David Corbett

- Protagonista, Nêmesis, Coadjuvantes

- Arcos das Personagens

- Funções Dramáticas

- Diálogos: descobrindo a voz da personagem

- A cena: um minifilme

- Argumento curto

- Escaleta

- Argumento padrão Ancine

- Roteiro: os elementos e a escrita - ritmo, estilo, erros mais comuns

- Diferenças entre escrever para a TV e para o Cinema

- Reescrita e polimento do roteiro

- Softwares de escrita de roteiro

- Protegendo seu trabalho: registro da obra e noções de copyright

Dia 5 - Conhecendo a produção

- Noções de produção

- O set de filmagem, hierarquia e funções

- Produtor

- Diretor

- Assistente de direção

- Diretor de fotografia

- Direção de arte

- Som: aspectos técnicos e criativos

- Figurino

- Maquiagem e cabelo

- Locações e a importância delas num filme de baixo orçamento

Dia 6 - Planejando a filmagem

- Remuneração, contrato, aspectos empresariais e legais

- Casting

- Decupagem

- A análise técnica

- Tagging do roteiro

- O Movie Magic e suas alternativas

- Criando um plano de filmagem

- Criando um orçamento detalhado

- A pré-produção

- Leituras com elenco

Dia 7 - Vamos para o set

- A equipe num filme B.O.: tamanho, gerenciamento e relacionamento

- Regras do set: horários de filmagem, normas do sindicato, respeito à hierarquia

- Alimentando a equipe num filme B.O.

- Transporte num filme B.O.

- Noções de fotografia para diretores

- O kit de câmera, lente, rigging e luz num filme B.O.

- O som e equipamentos num filme B.O.

- Profissionais x amadores com boa vontade: funções de cada um

 

Dia 8 - Mais sobre o set

- Dia a dia no set

- Atores e suas motivações

- Blocagem de atores

- Direção de atores

- Noções de edição para diretores: filme pensando na edição

- Continuidade

- Logging

- Organizando a pós-produção ainda no set

- Custos variáveis: os malditos consumíveis

- Softwares e apps que todo cineasta deve ter no set

- Contratos, licenças, autorizações

Dia 9 - Finalizando o filme

- Organizando a montagem

- Noções de Edição

- Tratamento de cor

- Pós de áudio

- Onde encontrar trilha sonora e foley gratuitos

- Softwares de pós-produção

- O DCP e demais deliveries

 

Dia 10 - Festivais e venda de janelas

- Como vender seu filme

- Pesquisa de mercado

- Distribuidoras: mecânica e relacionamento

- Os festivais: em quais inscrever seu filme

- Planejando a rentabilidade do seu filmes em múltiplas janelas - Pitching de elevador

- Pitching longo

- Refinando seu pitching

- Marketing pessoal: construa sua marca com seu filme

- Networking e eventos

- Encerramento do curso

Condições Gerais: 

 

1. Serão admitidos no máximo 50 alunos por turma para não comprometer a dinâmica.

2. O valor do curso é R$ 400,00 (quatrocentos reais), com desconto especial nos seguintes casos:

- inscrições até 03/06/2022, com pagamento à vista via Pix: R$ 300,00;

- inscrições após 03/06/2022, com pagamento à vista via Pix: R$ 350,00.

3. Pagamentos via cartão de crédito não têm desconto, mas podem ser parcelados em até 5x sem juros e são realizados por meio da plataforma Paypal.

4. O curso pode ser cancelado ou adiado em função das seguintes situações:

A) Falta de quórum mí­nimo para as atividades (10 alunos): Neste caso, o facilitador estará facultado a adiar ou cancelar o curso e entrará em contato para agendar uma nova data com os alunos. Se não houver acordo quanto à nova data, o valor da inscrição será integralmente devolvido a todos que assim o solicitarem.

B) Motivo de força maior: Em caso de morte do facilitador, o valor das inscrições será integralmente devolvido a todos os inscritos. Na ocorrência de doença do facilitador, queda de conexão com a Internet, eventos da natureza (enchentes, desabamentos etc.) ou convulsão social (manifestações, greves e afins), o facilitador entrará em contato com os alunos para agendar a reposição da(s) aula(s) prejudicada(s). Se não houver acordo quanto à nova data, o valor do curso será devolvido a todos os que o assim solicitarem, na proporção das aulas efetivamente completadas com sucesso.

5. As inscrições somente serão confirmadas mediante o preenchimento do formulário de inscrição online e após o pagamento do curso, nas formas apresentadas no item 1 acima.

 

6. A confirmação da sua inscrição e a comunicação entre facilitador e alunos será realizada através de email e de grupo específico no WhatsApp ou Telegram.

 

7. Os alunos deverão estudar, previamente ao curso, material que será disponibilizado pelo facilitador após confirmação das inscrições.

 

8. Cancelamento por parte dos alunos estão sujeitos às seguinte regras:

 

a) todo pedido de cancelamento deve ser formalizado por email;

b) cancelamentos com antecedência maior do que 10 (dez) dias do primeiro dia de aulas geram devolução integral do valor pago ou o aluno pode solicitar sua inclusão numa turma futura;

c) cancelamentos com antecedência maior do que 5 (cinco) dias e menor do que 10 (dez) dias do primeiro dia de aulas acarretam multa de R$ 200,00, já que o aluno já terá tido acesso a todo o material de estudo do curso, com exceção das aulas ao vivo. O aluno pode solicitar sua inclusão numa turma futura sem custo.

d) cancelamentos após o início das aulas acarretarão em devolução do valor da inscrição na proporção das aulas realizadas, subtraindo-se do valor a devolver uma multa de R$ 250,00.

O Facilitador:

 

Desde 2016 dedicado ao roteiro audiovisual, Rafael Peixoto é roteirista dos longas "Jardim dos Girassóis", com Rodrigo Lombardi e Fernanda Vasconcelos (Indiana Produções/Downtown Filmes); "O Inferno de Cada Um" (Take a Take/Imagem Filmes); "Perrengue!" (Rubi Produçoes/Imagem Filmes); "Green Castle" (Aventura Produções); e "Blackbirder" (co-produção Brasil x EUA, Aventura Produções). Vai estrear como diretor de longa-metragem com o filme "A Casa da Rua 7" (Wikishows/Indiana/California Filmes). É Roteirista-Chefe do programa "Quem Quer Ser Um Milionário" para a Sony e Globo. É co-produtor de projetos de longa-metragem e séries em estágios variados de execução, no Brasil e no exterior. Tem séries e longas vendidos para grandes produtoras. Escreveu e dirigiu o curta-metragem "Dois Barcos", com Rainer Cadete, Rocco Pitanga, Paula Jubé e Fernanda Junqueira, em pós-produção. É finalista do Guiões e vencedor da categoria TV Pilot no Amsterdam Film Festival e no Canada International Film Festival, Award Winner no Hollywood Screenplay Contest, Finalista no HCF PitchFest e Semifinalista no Finish Line Script Competition.

Rafael tem 25 anos de carreira dedicados às artes e à publicidade. Produziu concertos, óperas, exposições, peças e shows como: orquestras do Royal Concertgebown de Amsterdam e Sinfônica da Rádio Berlim; Ivan Lins; John Pizzarelli; Lulu Santos; Maria Rita; Ney Matogrosso e Milton Nascimento, entre centenas de outros. Produziu “O Barbeiro de Sevilha” no Teatro Municipal de Niterói. Foi curador do CCBB e do Circuito Cultural Banco do Brasil. Produziu, patrocinou e/ou realizou mais de 8 mil apresentações para audiências de até 300 mil pessoas, com público total de mais de 3 milhões. Foi sócio do Orla Clube, em Brasília, onde se apresentaram Maroon 5, Seu Jorge, Robert Plant e Playing For Change. Produziu, escreveu e dirigiu publicidade, live marketing e conteúdo de marca para Estácio, SEBRAE, Walmart, CEF, BB, MAPFRE, Petrobras e Ambev, entre outros. Realizou flashmobs para marcas com adesão de 3 mil pessoas e conquistou três trending topics no Twitter para seus clientes.

Depoimentos

“Sabe demais do tema, conduz as conversas com um astral lá em cima, ouve pra cacete, dá dicas preciosas, fala com propriedade do mercado, é generoso à beça. Valeu muito ter embarcado nessa..” 

 

—  Leonardo Bruno, Roteirista